Gestão da Qualidade

É lugar comum e chega a ser óbvio, mas tem que ser dito sobre a Gestão da Qualidade:

Qualidade Consistente e de Excelência é fundamental para qualquer negócio!

Seja um Bem ou Serviço.

E o que é uma Qualidade de Excelência?

É aquela que atende aos requisitos de Satisfação do Cliente e sempre com variações tendendo a zero, ou seja, Consistente!

É aqui que entra a Gestão da Qualidade (ou Sistema da Qualidade). É através da correta execução do Sistema da Qualidade é que asseguramos que o cliente receberá aquilo que está esperando independente da sazonalidade, das pessoas que estejam executando as atividades, dos novos fornecedores, da presença do Gestor ou do Proprietário.

Certamente há várias abordagens e correntes para se definir uma boa Gestão da Qualidade e abaixo apontamos uma que realmente funciona muito bem pois já temos resultados práticos acumulados em diferentes empresas.

Vamos lá:

gestao da qualidade

 

Estratégia: Como sempre, iniciar com uma definição de que queremos e que esteja alinhado à Estratégia da Empresa é fundamental. Amarrar os Processos Internos com a visão dos Clientes e garantindo o resultado Econômico com Aprendizado, sem dúvida é o primeiro passo para ter uma Gestão da Qualidade. É daqui que se dissemina a Implantação.

Governança: Aqui devemos definir os Fóruns e Rituais de Decisão, o sistema integrado alinhado com um bom ERP, as diretrizes e as Responsabilidades de toda a empresa na obtenção da Qualidade Consistente.

Pessoas e Organização: Definição da Estrutura Organizacional, Papeis e Responsabilidades, Competências e Habilidades necessárias.

Produto: Especificações, Roteiros, Procedimentos, Padrões e Desenvolvimento de novos produtos. É impossível alcançar a Consistência sem essas ferramentas.

Fornecedores: Fazer com que os fornecedores conheçam e entendam as necessidades de seu processo e de sua empresa e tambem o caminho inverso, ou seja, que sua empresa conheça os seus principais fornecedores. Desenvolver parcerias sérias e autenticas.

Cadeia de Suprimentos: A Qualidade não se faz somente na Fábrica ou nas Áreas que desenvolvem os Serviços. Toda a empresa tem, obrigatoriamente, estar alinhada com os requisitos da Qualidade. Desde o armazém de recebimento até o transporte nas condições corretas.

Melhoria Contínua: Implantar e utilizar as ferramentas corretas para solução de problemas, ter a Voz do Cliente sempre presente e analisar constantemente os resultados com busca permanente de melhores resultados.

Indicadores de Performance (KPI’s): Lá vem o chavão novamente: O que não se mede não se melhora. Implantar os Kpi’s nos 3 níveis: Estratégico, Tático e Operacional.

 

Quando todas essas “caixinhas” estão em sintonia o resultado é maravilhoso e lembre-se: Quem define o padrão da Qualidade de seu Produto ou Serviço é o seu Cliente.

Gestão da Qualidade é um pilar de sustentação para o seu negócio!

 

www.blauecke.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *